67 3028 9000

+ TELEFONES

Notícias

Os Carrapatos na Produção de Leite

1 de setembro de 2020 | Pecuária Forte

O carrapato é um ectoparasita que traz enormes prejuízos ao produtor brasileiro, principalmente ao produtor de leite. Isso está relacionado ao fato de as raças leiteiras, principalmente as de origem europeia, serem mais suscetíveis aos carrapatos.

Os prejuízos causados por este parasita estão relacionados a redução na produção de leite (40%), diminuição no desempenho reprodutivo (9%) e aumento da mortalidade (27%). Perdas econômicas adicionais resultam do aumento do uso de acaricidas (5%), diminuição da qualidade do couro (3%) e o custo com tratamento de doenças transmitidas por carrapatos (3%) (JONSSON; PIPER, 2007 Citado por VERISSIMO, 2015)

O carrapato-do-boi (Rhipicephalus microplus) é responsável pela transmissão de hemoparasitas, como Babesia bovisBabesia bigemina, e o Anaplasma marginale, que causam a Tristeza Parasitaria Bovina (TPB), outro grande mal para a bovinocultura leiteira.  A TPB, leva a redução na produção e tem como sinais clínicos febre, anemia, icterícia (coloração amarelada de pele e mucosas), urina avermelhada ou marrom, anorexia e prostração.

Devido a todas complicações causadas pelo carrapato é fundamental que seja realizado o controle imediato de infestações. Porém, cada vez mais os parasitas têm apresentado resistência aos carrapaticidas convencionais. Isso leva a necessidade do aumento de doses e redução na frequência de aplicações, aumentando ainda mais os custos e a resistência parasitária, além dos danos ao meio ambiente.

Prevenção e Tratamento

Diante do desafio que se tornou o controle de carrapatos e dos prejuízos causados pela utilização de carrapaticidas, a Homeopatia se apresenta como uma grande aliada para o controle deste ectoparasita. A terapêutica age de forma a aumentar a resistências dos bovinos, fortalecendo as barreiras naturais de defesa dos animais, de forma a impedir que os parasitas consigam sem fixar e se alimentar nos bovinos. Dessa forma reduz a carga parasitária.

Com a utilização do Carrapat 100, um produto totalmente homeopático, desenvolvido pela Real H, é possível auxiliar no controle de infestações por carrapatos, sem causar danos para o animal, para o homem ou para o meio ambiente.

Ao utilizar o Carrapat 100 em leiterias, onde o problema ocorre de forma repetida e intensa, deve-se assegurar a ingestão mínima de 30 a 50 g/cab/dia, divididas em duas vezes, as doses devem ser fornecidas através de rações e suplementos proteicos,. Obtida a diminuição da intensidade do parasitismo (60 a 90 dias), reduzir para 20 g/cab/dia divididas em duas vezes, mantendo até o final da lactação. Nas vacas secas e nas novilhas fornecer 15 g/animal/dia.

Com a utilização do Carrapat 100 não há necessidade de descarte do leite.

Em caso de dúvidas consulte a Real H

Literatura consultada.

Você gostou? Compartilhar nas redes sociais.

WhatsApp Fale Conosco